logotipo_litura


Artigos e Comunicações por ordem alfabética
        

Foram encontratos 129 registros, página 6 de 13
Il n’y pas de sujet de la violence
Relato da experiência clínica do PAI-PJ (Projeto de Atenção Integral ao Paciente Judiciário Portador de Sofrimento mental Infrator); com Romildo do Rêgo Barros a partir de formulações de Fernanda Otoni, coordenadora do projeto (em francês).
Imagens da letra
A partir de uma releitura do tema das identificações em Freud, especialmente em seu nono seminário, Lacan isolou a identificação com o traço unário como a operação inaugural da relação entre sujeito e significante, entre sujeito e Outro. Iremos do traço unário à letra como marca no corpo da incidência do Outro, a partir da leitura de “Lituraterra” (com Clara Huber Peed, Cristina Bezerril, Maria Novaes, Naiana Cordeiro e Tatiane Grova).
Inhibition, symptôme et angoisse: du chaos du danger au danger du chaos
Exame da virada empreendida por Freud em “Inibição, sintoma e angústia” com relação à teoria da angústia e do afeto em geral a partir da noção de perigo. O perigo do qual a angústia é sinal, neste texto, é aquilo chamado por Lacan de real e apenas secundariamente a castração (em francês).
Introdução à abordagem lacaniana do riso na experiência analítica
“Partamos de uma piada. É o que faz Lacan com a anedota do cavalinho decompondo a estrutura do chiste e demonstrando sua vinculação com o cômico. Vou preferir, com fins de concisão, uma piada mais de nossa paróquia: “Uma executiva atarefada passa toda manhã por uma construção. Seu olhar sempre cruza o de um peão que a observa. Um certo dia ela escorrega, cai meio descomposta e rapidamente se levanta, reúne seus papéis e sua pasta e, ao se deparar com o olhar do peão, exclama “viu a ligeireza?” Ao que ele responde: “vi mas não sabia que tinha este nome”.”
Introdução à conferência "O lugar da psicanálise na medicina", de Jacques Lacan
“Vamos examinar um encontro memorável de Lacan com alguns médicos afim de abordar o modo como o psicanalista lida com o saber no campo da saúde mental. Antes, porém, gostaria de introduzir nossas questões com dois outros encontros, de Freud com os psiquiatras de sua época...”.
Inventando um tempo
Versão para revista Psicologia Clínica da PUC-Rio do texto "Inventando um tempo"
Inventando um tempo
Resenha para o livro de Romildo do Rêgo Barros "Compulsões e obsessões - uma neurose de futuro".
It’s stronger than me (a lacanian reading of Freud’s affect)
Versão para o inglês do texto “Do afeto à paixão (a representação freudiana e o bem-dizer de Lacan).
L'interprétation, l'équivoque et la poésie
Versão em francês de “O corvo, o analista e a interpretação”.
L'Unheimlich: du phénomène à la structure
Versão, para o francês de «A inquietante estranheza».
Primeira 12345 678910111213Última

 



LITURA.COM.BR - Todos os direitos reservados - 2010
Webdesign: 'sandra go.ber.
Webdeveloper: RodrigoMDSantos