logotipo_litura


A Política do Sintoma - aulas

 

Foram encontratos 16 registros, página 1 de 2
I - Dez razões para uma política lacaniana do sintoma .............................. ..... O sintoma está em toda parte; O sintoma identifica; O sintoma é realidade; Há sintoma na loucura; Há real no sintoma; O sintoma é gozo; Acontecimento de corpo; O sintoma é cifra e conexão; identificar-se com o sintoma?; O saber-fazer com o sintoma de Noel Rosa. A Política do Sintoma - Parte 1
II – Sobredeterminações .............................. .............................. ................. Liberdade negativa; Sintoma e Signo; Nó de Significação ou Sobredeterminação; Amor, verdade e gozo; Eu te amo e a dissolução amorosa; Entre a cama e o armário, o sintoma como montagem; O sintoma como suporte identificatório, United Symptons of America. A Política do Sintoma - Parte 2
III - Freud e as comunidades .............................. .............................. ............ A ação lacaniana e uma breve recapitulação; Auto-erotismo e narcisismo primário; o Pai e o Nome do Pai entre cama e armário; United Symptoms novamente; Orkut, DSM e os modos de gozo; Pulsões, gozo e caos; A pulsão de morte e sua revisão da ética quotidiana; RSI e inibição, sintoma e angústia; A metáfora da peneira na conferência de Lacan em Genebra; Os três apitos da fábrica de Noel; o caso dos Homem dos Papéis. A Política do Sintoma - Parte 3
IV - Resto e corpo .............................. .............................. ............................ É realmente possível perder-se tudo?; Fazer um corpo; O Estádio do Espelho de Lacan a Freud; Colar pelo gozo; Marcas e cortes como tentativas de estabilização; Objetos resto: a unha; O objeto luva de Noel Rosa em “Cor de cinza”; Identidade e porejamento, o exemplo e Manoel Messias. A Política do Sintoma - Parte 4
V - Sintoma e obra .............................. .............................. ........................... Infinito atual e infinito potencial; objeto transitório e gozo finito vs. objeto eterno /gozo infinito; Das Ding, sublimação e recalque; A coisa e o resto; No Teatro da psicose (fragmento de caso); Oficina de invenção; A transitoriedade de Freud: eternidade e contingência. A Política do Sintoma - Parte 5
VI – Identidade .............................. .............................. .......................... Fragmento de caso “Uma mãe apóia a filha”; A montagem de uma identidade; Reconhecimento do Outro; Nomeação (Sobre o furo); Conceitos; Um distúrbio de memória na Acrópole; Freud sem nome. A Política do Sintoma - Parte 6
 
 
Primeira

 



LITURA.COM.BR - Todos os direitos reservados - 2010
Webdesign: 'sandra go.ber.
Webdeveloper: RodrigoMDSantos