logotipo_litura


Paixões em Análise

 

Paixões em Análise  
ssBaixar as transcrições dos encontros  
 
Assumiremos, com Lacan, que a paixão é algo do corpo que se inscreve no campo do não-saber. Iremos contra a ideia de que nosso sentimento se reduz a uma mudança no padrão dos neurotransmissores. Da vida que nos habita, um tanto não é representável e é isso que hoje em dia está sumindo do mapa. Mas a paixão não é apenas o lugar de um não-saber, é também de um saber, não um saber-ciência, mas um saber-fazer. Há algo a fazer com a paixão. A ética da paixão, título de meu livro que já tem dez anos, e que gostaria de revisitar clinicamente nesses encontros significa que a paixão é um fazer com o real. A psicanálise tem seu fazer próprio com o real, o que se verifica com clareza no registro das paixões.
 

LITURA.COM.BR - Todos os direitos reservados - 2010
Webdesign: 'sandra go.ber.
Webdeveloper: RodrigoMDSantos